SÃO LUÍS MARIA E OS SANTOS PADRES

Nos últimos duzentos anos, os ensinamentos de São Luís Maria Grignion de Montfort, por meio do “Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem”, converteram-se em um modelo comum e em um
testemunho eloquente dos sumos pontífices. Implicitamente esta pequena e simples obra, rica em doutrina, influenciou nos escritos e documentos dos Santos Padres, os quais expressaram sua gratidão ao santo, alentando à Igreja a aprofundar em sua espiritualidade mariana.

1846-1878
Papa Pío IX

Reconheceu a autenticidade e a pureza doutrinal do “Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem”

1878-1903
Papa Leão XIII

Beatificou ao venerável Luís Maria Grignion de Montfort em 1888

1903-1914
São Pio X

Adotou uma grande parte da lenguagem mariana de Montfort em sua encíclica sobre a Imaculada Conceição.

1939-1958
Venerável Pio XII

Canonizou ao até então beato Luís Maria Grignion de Montfort em 20 de julho de 1947

1958 - 1963
São João XXIII

"Sou entusiasta desta devoção, sobre tudo quando é entendida e bem aprendida..."

1963 -1978
São Paulo VI

"Maria, pois, como Mãe de Cristo, é também Mãe dos fiéis e de todos os pastores; isto é, da Igreja"

 
1978 - 2005
São João Paulo II

“Já estava convencido de que Maria nos leva a Cristo, mas naquele período comecei a entender que Cristo também nos leva à sua Mãe. Houve um momento em que me questionei sobre meu culto a Maria, considerando que este, se faz-se excessivo, acaba comprometendo a supremacia do culto que é devido a Cristo. Então, me ajudou o livro de São Luís Maria Grignion de Montfort titulado como  "Tratado da verdadeira devoção à Santíssima Virgem'.

 

Catequesis Marianas de San Juan Pablo II 

Español

English

Italiano